RECONCILIAÇÃO



Somente necessita ser reconciliado, o que uma vez foi rompido, o que passou por uma ruptura! Na história de Deus com a humanidade, temas centrais são ruptura e reconciliação:

 

  1. Tudo o que Deus fez, incluindo os humanos e seu habitat, é bom, conforme Gênesis 1 & 2.

  2. Apesar disto, o ser humano se afastou do seu criador! A essência do que chamamos de pecado, está neste afastamento, que tem sua origem no desconfiar do Senhor, conforme Gênesis 3.

 

  1. E logo em seguida, ao final do capítulo 3, lemos um versículo que num primeiro momento aparenta ser apenas negativo, mas, por detrás do juízo, está o perfeito plano de Deus:

Depois de expulsar o homem, colocou a leste do jardim do Éden querubins e uma espada flamejante que se movia, guardando o caminho para a árvore da vida.    Gênesis 3:24

 

Ou seja, não permitindo que o ser humano continuasse no Éden, e assim tivesse acesso à árvore da vida, o Senhor Deus evita com que eternamente estejamos afastados dele. Assim, de forma clara, inicia o seu plano de resgate da humanidade.

 

VOCÊ PERCEBE O NÍVEL DE RUPTURA??

No Éden tudo estava em harmonia com o criador. Pós Jardim do Éden, as consequências da separação de Deus afetam todas nossas esferas de relação:

  • ser humano com Deus – agora não está mais em paz;

  • ser humano consigo mesmo – medo, culpa, insegurança – Gn 3.8-10;

  • ser humano com o seu próximo – Gn 3.12

  • ser humano com o restante da criação – Romano 8.19-22

 

DIÁLOGO: Você já percebeu como a realidade do pecado atingiu todas as esferas relacionais da sua vida? O que mais foi afetado na sua vida?

 

Como a ruptura é de origem relacional, entre Deus e a humanidade, retornar ao que se tinha antes também passa por um aspecto relacional. A chave da reconciliação é Jesus Cristo!

 

Tudo isso provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação,

ou seja, que Deus em Cristo estava reconciliando consigo o mundo, não lançando em conta os pecados dos homens, e nos confiou a mensagem da reconciliação. 2 Coríntios 5:18,19



Paulo está se direcionando ao pequeno grupo de cristãos na cidade de Corinto. A ele, e portanto a nós que vivemos em Cristo, vale a constatação: “Deus já nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo!”

 

DIÁLOGO: Se a ruptura com Deus afetou todas as esferas relacionais, a reconciliação também deve ter acesso a todas as esferas. Ou seja, não existe reconciliação com Deus, sem reconciliar-se consigo mesmo, com o próximo e com o mundo.

Em que esfera percebo reconciliação na minha vida?

Em que esfera preciso buscar esta reconciliação?



RESPONSABILIDADE: conforme o texto, Deus “… nos deu o ministério da reconciliação”! Ou seja, não precisamos inventar um ministério novo, muito menos uma finalidade nova no servir a Deus! Tudo deve caminhar em direção a reconciliação de Deus com a sua criação! A reconciliação traz consigo “sinais de vida”, marcas claras da presença de Deus!!

DIÁLOGO: Temos assumido nossa responsabilidade dentro do ministério de reconciliação?


print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *