Ouse descobrir o seu dom!!

Estamos na época em que o acesso a um culto, uma palestra com temática bíblica, tudo nos é oferecido na palma da nossa mão, seja acessando seu smartphone, ou pelos comandos do controle remoto da sua TV.

 

Qual a importância de convivermos numa comunidade real?

A tão falada comunhão, que benefício ela traz?

 

Neste encontro queremos ver um aspecto riquíssimo da vida dos cristãos, que se evidencia na convivência – os Dons do Espírito!

 

Ler Efésios 4.11-16:

Quem concede os Dons? Complementar lendo I Coríntios 12.7-11.

 

Segue uma lista de dons, que podemos observar, principalmente a partir das cartas paulinas:

slide_50

Ler uma lista, pode nos auxiliar a suspeitar do fato de termos um ou outro dom, mas não nos faz experimentá-los. Testes de dons, listas, estudos dos textos bíblicos específicos, tudo isso auxilia, dá um direcionamento! Mas, uma vez tendo recebido um direcionamento, precisamos caminhar para a prática. Vamos percebendo o dom, a habilidade que o Espírito de Deus nos concedeu, na medida em que interagimos e nos colocamos à disposição dos demais! Pois, na vivência comunitária, percebemos fragilidades e necessidades, e a partir de demandas, podemos nos colocar à disposição para servir!

Isso também requer a abertura para testar ou tentar descobrir algum dom. Após uma experiência, deve-se avaliar, observando a si mesmo e pedindo para pessoas que nos acompanharam no processo por um feedback, para ver se nos encaixamos ou não em determinada tarefa.

 

DIÁLOGO:

Você sabe qual é seu dom espiritual?

A convivência com outros cristãos foi importante para você descobrir seu dom?

 

A FINALIDADE DOS DONS:

A comunhão com a família da fé não é apenas importante para a descoberta dos dons, mas é também nela que reside a finalidade desses presentes divinos, observe:

 

Efésios 4.11,12:  “ E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado!”

 

DIÁLOGO:

Os seus dons estão sendo colocados à disposição do preparo dos santos, ou seja, para o aperfeiçoamento das demais pessoas da família da fé?

  • Se sua resposta for positiva, compartilhe de que maneira seus dons puderam beneficiar outras pessoas.
  • Se sua resposta for negativa, em que espaço, grupo ou relações você poderia colocar seus dons à disposição?

 

Edificação é o segundo aspecto que aparece em Efésios 4.11. Esta edificação traz consigo o conceito da “maturidade”.

De que amadurecimento se fala aqui? Caminharmos não mais como “crianças”, mas crescermos tendo como base a estatura de Cristo!

Confira novamente os versos 13 e 14 de Efésios 4 e converse:

 

DIÁLOGO:

Estamos amadurecendo na nossa caminhada de fé?

Quais dons de outros membros do corpo auxiliam nosso crescimento?

 

Concluindo: A pergunta inicial foi voltada à importância da convivência. Concluímos, com o próprio texto bíblico, de que é no coletivo que crescemos, amadurecemos e somos edificados. Confira Efésios 4.16, este verso aponta para um AJUSTE CONSTANTE de TODOS. Esta palavra usada para “AJUSTAR”, era usada na ARQUITETURA, “representando o todo do processo elaborado mediante o qual as pedras são encaixadas: desde a preparação das superfícies, cortes, encaixes, até a fixação de cavilhas.”

Ou seja, todos precisamos nos ajustar, para haver crescimento e edificação!

 

Lembre-se: amadurecimento cristão acontece no Corpo de Cristo, não de forma isolada!

…..porque é na convivência, que dons e talentos têm a possibilidade de serem conhecidos!

…. é na convivência que somos fortalecidos!

…. e somente nela fortalecemos a outras pessoas também!

 

DESAFIO:

Quem ainda não está na convivência cristã, não participa de um Pequeno Grupo e poderia ser convidado por nosso Grupo?

 

VÍDEO:

 

 

PARA COMPLEMENTAR:

O livro abaixo, da série: Desenvolvimento Natural da Igreja, pode auxiliar na percepção dos dons:

O_TESTE_DOS_DONS_1270603540B

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *