Onde encontramos justiça?

Quando vemos as atrocidades nos jornais, nossas vozes facilmente se unem às daqueles que clamam por “justiça”!

Cremos num Deus que é justo!

Mas, onde a justiça de Deus é manifesta?

 

O Pequeno Grupo de hoje estará baseado em Romanos 3.

Ler inicialmente Romanos 3.10-19

Descobrir que não há nenhum justo, isso me coloca no “banco dos réus” diante de Deus!

Para “provar” essa condição humana, Paulo, escritor de Romanos, faz uso de várias citações do Antigo Testamento, principalmente Salmos e Provérbios. Todos esses versos apenas afirmam que diante de Deus todos nós somos culpados!

Por isso o julgamento não nos atrai, pois sabemos que somos culpados perante Deus!

 

NÃO TENTE SE JUSTIFICAR…

Os próximos dois versículos, 19 e 20, somente agravam mais nossa real situação diante de Deus:

No v.19 nos é apresentada a função de espelho que a lei tem. Ou seja, ela nos mostra nossa real condição diante de Deus: todos somos culpados!

No v.20, o código de ética de Deus, sua lei, é mostrada como totalmente inatingível por nós, ou seja, o que Deus exige do ser humano, é muito elevado!

 

Diálogo:

  • Não sofremos a mesma tentação, a de buscarmos ser aceitos, justificados por Deus, a partir das nossas obras e da nossa boa conduta?

 

E AGORA, NÃO HÁ MAIS ESPERANÇA?

Se queremos continuar com o discurso da lei, da ética e da moral para satisfazermos a vontade de Deus, então não há esperança. Por isso, nos é apresentada a justiça de Deus, a qual podemos nos apegar!

 

Ler Rm 3.21-26

 

Da mesma forma como TODOS pecaram, a JUSTIÇA proporcionada por Deus é para TODOS os que creem!

Agora podemos questionar o texto bíblico, como passamos de “culpados” para “justificados” diante de Deus?

O versículo 24 nos responde: a justificação não é agir nosso, mas, graça divina! Cristo viveu a vida justa, correta, que nós deveríamos viver! Ele morreu a morte, que nós deveríamos morrer! Assim, providenciando redenção/resgate da nossa situação de condenados perante Deus, o justo juíz, somos agora considerados justos, ou seja, justificados, a partir da fé em Cristo!

Ou seja, a justiça de Deus se manifestou em Jesus Cristo!

 

Finalizando: ler o verso 28 e relacionar com o vídeo abaixo:

 

https://www.youtube.com/watch?v=pseVK3kqxcU

 

Diálogo:

  • Se não somos justificados por obras, qual o espaço das obras, da boa conduta, nas nossas vidas?
  • Sabemos que somos justificados por Cristo? Como posso ter esta segurança? Para trazer segurança na justificação em Cristo, um texto interessante é João João 5.24.
print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *