Pequeno Grupo – conexão com Cristo!

Mais que Conectados é nossa temática Geral!

 

Conexão com Deus – conexão com o próximo, pois Deus nos criou para estarmos conectados!

Vimos no primeiro encontro sobre o tema, que Deus, sendo Pai, Filho e Espírito Santo, rompe sua conexão consigo mesmo, quando Jesus morre, para que nós pudéssemos ser conectados a Deus!

 

Nesse encontro, veremos que a iniciativa de conexão é de Cristo!

  1. JESUS SE CONECTA COM OS DESPREZADOS!

 

Inicialmente precisamos entender um pouco do Contexto Cultural de João 4. Os Samaritanos eram resultado de uma mistura de raças e religiões, portanto, desprezíveis aos olhos dos judeus! Não havia possibilidade de convivência entre os dois povos, sem serem rompidos grandes preconceitos! Além deste fator, homem não se dirigia a uma mulher em público, a não ser se fosse da família!

Ler João 4.1-7

Ou seja, seriam dois os aspectos pelos quais Jesus não deveria, do ponto de vista social, se dirigir a esta mulher: por ser da Samaria e por ser mulher!

Mas, ele pede água a ela: o que nos parece simples, necessitou antes a quebra de 2 barreiras sociais, citadas acima  e romper uma barreira religiosa: um mestre pedir ajuda a uma desconhecida, se colocando no papel de necessitado!

 

DIÁLOGO: Para este primeiro diálogo Ler João 4.8-15.

Quem é considerado desprezível na nossa sociedade?

Você já se sentiu desvalorizado? Observe que a mulher samaritana parte desse princípio, v.9, mas não permanece neste papel de “vítima de uma sociedade excludente”, ela aceita o diálogo de quem a valoriza!

A quais encontros nós estamos dispostos, inclusive pedindo auxílio, para promover a “água viva”?

 

2. AO SE CONECTAR COM A MULHER, JESUS PROMOVE NOVAS CONEXÕES!

 

O fato de Jesus conhecer nossa realidade, para alguns, pode parecer que Jesus veio para julgar, v.16-19. Mas, mais do que isso, as afirmações de Cristo trouxeram uma inquietação quanto à sua própria identidade, tanto que a mulher disse: “…vejo que és profeta.”

Suspeitar que ele era um profeta, fez com que a mulher quisesse continuar em diálogo com Cristo.

 

DIÁLOGO:

Quando Jesus revela quem somos (observando que ele não o fez em público, mas mostrou à mulher apenas que a conhecia), conseguimos lidar com um encontro Conosco Mesmos?

O que Jesus revela de nós?

Conseguimos nos olhar no espelho, assumirmos quem somos, não nos defendermos?

 

Aqui, alguns encontros com Cristo se dão por encerrados!

Ou se tenta mudar de assunto, o que parece ser a proposta da mulher samaritana, ler João 4.20-26. Ela introduz o assunto “Religião”, mas Jesus promove “Conexão com Deus”, v.24, 26.

A mulher, impactada por um encontro com Cristo, deixa seu cântaro (o que veio fazer no poço), v.28, e vai testemunhar.

 

DIÁLOGO FINAL:

Nosso encontro com Cristo nos impulsiona em direção ao próximo?

Leia a parte final, v.39-42, e converse sobre que diferença Jesus já trouxe aos seus relacionamentos!

 

Orar: pelos marginalizados, por órfãos (lembrando das crianças e adolescentes da Associação Ecos), orar por pessoas idosas, que por vezes se sentem esquecidas!

 

Informamos: temos na MEUC o grupo de Diaconia. Ele busca ir ao encontro dos necessitados, bem como fazer visitas a pessoas em situações limitadas. A próxima reunião do Grupo de Diaconia será dia 18 de agosto de 2016, quinta-feira, às 15:00, na MEUC Centro.

print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *